Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MANGUALDE "recordar"

Mangualde, no distrito de Viseu, Beira alta, Portugal, cujo foral foi concedido em 1102 pelo Conde D. Henrique. ( todo o conteúdo do blogue é divulgação de pesquisa e não autoria de "MANGUALDE"recordar" )

MANGUALDE "recordar"

Mangualde, no distrito de Viseu, Beira alta, Portugal, cujo foral foi concedido em 1102 pelo Conde D. Henrique. ( todo o conteúdo do blogue é divulgação de pesquisa e não autoria de "MANGUALDE"recordar" )

Mangualde - Citânia da Raposeira

images.jpg

 

Este sítio arqueológico é um lugar que corresponde ao que os Romanos designariam por Mansio ou mutatio.

 

Estamos, assim, perante uma estalagem romana, de natureza pública ou oficial, situada junto ao cruzamento de duas importantes estradas imperiais.

A estalagem, construída nos inícios do século I d. C., estaria dotada das instalações indispensáveis ao desempenho da sua função enquanto área de descanso e abastecimento: da área termal às cozinhas e aos quartos de dormir, dos armazéns e estábulos a uma forja.

Seria, portanto, quer um local de pernoita quer de paragem breve a meio de um percurso, onde os cavalos recuperavam forças e os viajantes poderiam relaxar o corpo nas termas e o espírito na taberna.


Interessante é o espaço das termas, com a sua área de fornalha que podemos observar e que caracteriza melhor a romanidade do local – reflete, antes de mais, uma forma de higiene pessoal, mas, enquanto espaço de encontro e distração, testemunha também um hábito social profundamente enraizado na sociedade romana.


Um povoado amuralhado de origem proto-histórica – implantado no monte da Senhora do Castelo – erguia-se e servia de cenário de fundo à estalagem romana.

3002 PopAds.net - The Best Popunder Adnetwork